Seu Cão tem tosse, engasgos, cansaço? Fique atento ao coração !


Um pouco mais de 10% dos animais examinados por um veterinário têm alguma forma de doença cardiovascular. Ao contrário de outras doenças, as cardiovasculares geralmente não desaparecem, mas quase sempre se tornam mais graves e podem levar à morte. Além disso, as doenças cardiovasculares podem ser mais difíceis de detectar e quantificar porque o coração não pode ser visto e está bem protegido pela caixa torácica.

A doença cardíaca pode ser definida como qualquer anormalidade do coração. Abrange uma ampla gama de condições, incluindo anormalidades congênitas e distúrbios da estrutura e função física.

A insuficiência cardíaca é qualquer anormalidade cardíaca que resulta em falha no coração para bombear sangue suficiente para atender às necessidades do corpo. Não é uma doença específica, mas sim uma condição. É uma consequência de um ou mais distúrbios cardiovasculares, como por exemplo, mau fechamento de válvulas cardíacas, pressão arterial anormal, entre outros. Doenças cardíacas podem estar presentes sem nunca causar insuficiência cardíaca. Já a insuficiência cardíaca, só ocorre se a doença cardíaca estiver presente.


Anormalidades do Sistema Cardiovascular

São várias as anormalidades do sistema cardiovascular que podem levar a doença cardíaca:

  • Válvulas cardíacas falham em fechar ou abrir adequadamente (doença valvular);

  • O músculo cardíaco pode estar muito fraco ou relaxa inadequadamente (doença do miocárdio);

  • O coração bate muito devagar, muito rapidamente, ou muito irregularmente (arritmia);

  • Os vasos sanguíneos oferecem uma grande interferência no fluxo sanguíneo (doença vascular);

  • Pode haver aberturas entre as câmaras do lado esquerdo e do lado direito do coração (shunts cardíacos);

  • Dirofilária, verme que se aloja no coração.


As doenças de maior importância em cães, devido ao número de casos que existem, são regurgitação mitral por displasia valvar mitral, cardiomiopatia dilatada e cardiomiopatia arrítmica em Boxers.

A doença de maior importância em gatos é a cardiomiopatia hipertrófica, doença na maioria das vezes silenciosa e grande causadora de morte súbita.


Um veterinário geralmente diagnostica doenças cardiovasculares revisando a história clínica e os sinais, realizando um exame físico e interpretando os resultados de testes específicos ou procedimentos de imagem.

O exame físico inclui o uso de um estetoscópio para ouvir os sons feitos pelos órgãos internos, especialmente o coração, os pulmões e os órgãos abdominais, e examinar partes do corpo, sentindo com as mãos e os dedos para distinguir entre inchaços sólidos e cheios de líquido.

A maioria das doenças cardiovasculares pode ser diagnosticada por exame físico. Porém, às vezes, o veterinário precisa solicitar alguns exames como o eletrocardiograma, que é específico para o diagnóstico de arritmias, ou o ecocardiograma que é excelente detectar doenças de estrutura cardíaca.

Os cães que mostram sinais de doença cardíaca podem ter uma história de intolerância ao exercício, fraqueza, tosse, dificuldade de respirar, aumento da frequência respiratória, inchaço abdominal (causado pela acumulação de líquidos no abdômen), perda de consciência devido à falta de fluxo sanguíneo para o cérebro (desmaios), perda de apetite e perda de peso. Mas muitas vezes no começo da doença cárdica nenhum sintoma pode ser detectado sem uma avalição veterinária.

O veterinário poderá detectar a doença o quanto antes e entrar com o tratamento especifico aumentando a sobrevida de seu melhor amigo.



#problemadecoraçãocães #doençacardíacacães #tosseeengasgocães

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square